sexta-feira, 30 de março de 2012

ERIC CLAPTON, GUITARRISTA






NASCE ERIC CLAPTON, GUITARRISTA E CANTOR BRITÂNICO

30 de março de 1945
No dia 30 de março de 1945 nascia, em Ripley, na Inglaterra, Eric Patrick Clapton, cantor, compositor e considerado o segundo melhor guitarrista do mundo pela revista norte-americana Rolling Stone.
Com raízes ligadas ao blues, apesar de ter variado o seu estilo ao longo da carreira, ele tem entre suas músicas mais conhecidas "Layla", "Wonderful Tonight" e “Tears in Heaven”. Antes de partir para a carreira solo, Eric Clapton fez parte das bandas Yardbirds, John Mayall & the Bluesbreakers, Cream e Blind Faith. Seu primeiro disco solo foi lançado em 1970.
Clapton viveu uma época de profunda efervescência musical em Londres, onde conviveu com integrantes dos Beatles, Rolling Stones e Jimi Hendrix. Contudo, sua vida pessoal passava por problemas, como abuso de drogas e álcool, além de uma paixão avassaladora por Pattie Boyd-Harrison, então esposa do seu amigo George Harrison. Depois que ela deixou o Beatle, Clapton se casou com Pattie, mas alguns anos depois eles se separaram. Mais tarde, ele viveu outro drama em sua vida. No dia 27 de agosto de 1990, o guitarrista Stevie Ray Vaughan (que estava em turnê com Eric) e dois membros de sua equipe de apoio morreram em um acidente de helicóptero. No ano seguinte, em 20 de março de 1991, Conor, filho de quatro anos de Clapton com a modelo italiana Lori Del Santo, morreu depois de cair da janela de um apartamento. Em outubro de 2007, ele publicou um livro autobiog 


RONALD REAGAN, PRESIDENTE DOS EUA, É BALEADO EM ATENTADO

30 de março de 1981
No dia 30 de março de 1981, o presidente dos Estados Unidos, Ronald Reagan sofreu um atentado a bala enquanto deixava o Washington Hilton Hotel, em Washington, D.C. Além de Reagan, outras três pessoas também foram atingidas pelos disparos de John Hinckley. Aos 70 anos, o presidente norte-americano sofreu uma perfuração no pulmão, porém recebeu rápido atendimento médico e conseguiu se recuperar. O episódio foi retratado no filme "The Day Reagan Was Shot", de 2001. Na época, o vice-presidente era George H. W. Bush, que, no momento do atentado, estava voltando de um discurso em Fort Worth, no Texas. 
 
O autor do atentado, Hinckley, foi julgado, absolvido por motivos de insanidade e está internado em uma instituição psiquiátrica. Hinckley teria cometido o crime com o objetivo de chamar a atenção da atriz Jodie Foster, por quem teria uma obsessão doentia. Ele estava perseguindo a atriz, que já havia dito que não estava interessada em nenhum relacionamento com ele. Então, Hinckley pensou em fazer algo impactante para chamar a atenção de Foster. A ideia de atirar no presidente veio da história do filme Taxi Driver, protagonizado justamente por Foster. Na época, a imprensa também divulgou que a família de Hinckley é “conhecida da família do vice-presidente George H. W. Bush e já fez grandes contribuições para sua campanha política”.

Comissão de Deputados Visita Obras do Rio São Francisco


Erosão, mato crescendo e tudo parado. Foi isso que viu a comissão de 14 deputados federais de oposição à presidente Dilma Rousseff - a maioria do PSDB - ao visitar nesta sexta-feira (23/03), trechos das obras de transposição do Rio São Francisco, em Mauriti, no Cariri cearense,a 600 quilometros da capital. "A situação é estarrecedora; de descaso total. O custo, que era de R$ 4,8 bilhões, foi reajustado para R$ 8,2 bilhões no início deste mês. Só para refazer essa parte que foi danificada pelas constantes paralisações vai se gastar uma fortuna", diz o deputado Raimundo Gomes de Matos (PSDB-CE).
As obras da transposição começaram em 2007. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva previa inaugurar a obra em 2010. Trata-se de um dos projetos mais caros do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). A construção de cerca de 600 quilômetros de canais de concreto que desviarão parte das águas do rio ainda deve consumir mais 45 meses.
No início de fevereiro, a presidente Dilma Rousseff esteve em Mauriti, onde afirmou que os contratos estavam sendo revistos e que os serviços seriam retomados. Ela disse também que novas empresas seriam contratadas para acelerar os trabalhos e consertar trechos que estão danificados. As novas licitações fizeram que o preço da transposição aumentasse mais de R$ 2,6 bilhões.
Gomes de Matos disse que foi feito um "arremedo" onde a presidente esteve e só. "Continua tudo abandonado", informou o deputado tucano.
"Isso comprova o desprestígio dos atuais governantes locais e desconstroi falsas propagandas sobre a transposição", comentou o presidente do PSDB cearense, Marcos Cals, que também acompanhou a visita.
O trecho vistoriado hoje pela oposição integra o eixo Norte do projeto. No local, a comitiva encontrou feitos o aterro e escavações, mas viu o canal tomado pelo mato e ameaçado pela erosão. Alguns moradores disseram que abriram mão de suas plantações de caju porque as propriedades ficavam no traçado do canal. Hoje, eles estão sem fazer nada e sem nenhuma fonte de renda.
Os tucanos informaram ainda que a 100 quilômetros de Mauriti, já no lote 14, em São José das Piranhas, alguns operários ficaram feridos e impedidos de trabalhar por um longo período devido a um desabamento parcial, ocorrido em abril do ano passado. As denúncias foram feitas a eles por ex-operários. 

Transposição do Rio São Franscico

BRASÍLIA - Auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) apontou superfaturamento de R$ 29 milhões num dos trechos da obra da transposição do São Francisco, localizado no Ceará, e mandou rever os custos do negócio. As novas licitações deverão consumir R$ 2,6 bilhões, segundo previsão do Ministério da Integração.



As irregularidades encontradas no edital do lote cinco da obra foram consideradas graves, e incluem preços de até 143% acima dos cobrados pelo mercado, no caso da areia, além de suposta restrição à concorrência. O TCU mandou rever o edital antes do lançamento, previsto para abril.
Mas, logo depois do anúncio da decisão do tribunal, o ministério informou que o edital já havia sido lançado no início de março. À revelia, portanto, do processo em curso no tribunal.
A licitação do chamado lote cinco havia sido suspensa em janeiro por causa de reclamações apresentadas por empresas concorrentes. É um dos trechos mais complicados da obra. O lote cinco já passou por duas tentativas fracassadas de licitação desde 2007 e prevê a construção de seis barragens, duas pontes, quatro trechos de canais de concretos e 463 metros de túneis.
O mais caro. A transposição do São Francisco é o mais caro dos projetos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Só no governo Dilma Rousseff, os preços aumentaram 71% e saltaram para R$ 8,2 bilhões. O trecho cinco tem custo estimado em R$ 720 milhões, de acordo com o TCU, mas o edital lançado 20 dias antes do aprovação da auditoria do tribunal teve preço fixado em R$ 693 milhões, segundo o ministério.
A transposição prevê a construção de mais de 600 quilômetros de canais de concreto para desviar parte das águas do rio São Francisco para o semiárido de quatro Estados do Nordeste: Ceará, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. O principal uso da água será para projetos de irrigação.
Em fevereiro, a presidente Dilma Rousseff visitou a obra e destacou sua importância "estratégica" para o País. "O ministro Fernando Bezerra Coelho negociou contratos, reequilibrou esses contratos e agora nós temos uma clara perspectiva de fazer com que essa obra entre em regime de cruzeiro e não tenha nenhum problema de continuidade", disse a presidente, conforme registro do evento feito pela equipe do ministério. O lote cinco é o mais atrasado no cronograma da transposição. A mais recente previsão indica a conclusão desse trecho em dezembro de 2015, mais de cinco anos depois da previsão original. A transposição do São Francisco tem outros três trechos parados. As obras remanescentes nesses trechos passarão por novas licitações até junho, informou o 
Fonte Estadão