domingo, 18 de março de 2012

RUSSO ALEKSEI LEONOV FAZ A PRIMEIRA CAMINHADA NO ESPAÇO


INICIA-SE A COMUNA DE PARIS

18 de março de 1871
A Comuna de Paris foi um breve governo popular que governou esse país de 18 de março a 28 de maio de 1871. Alguns a consideram de ordem socialista, outros anarquista. Marx (filósofo alemão) a descreveu como uma vindicação dos ideais socialistas, ao que Bakunin (filósofo russo) respondeu que ao não depender ela de uma vanguarda e ao não ter tomado o poder do Estado ou tentado criar um estado revolucionário, a comuna era anarquista. Em um sentido formal, a Comuna de Paris de 1871 foi simplesmente a autoridade municipal que exerceu o poder nessa cidade durante os dois primeiros meses da primavera de 1871. Mas as condições sob as quais ela foi formada, seus controvertidos decretos e seu sangrento final fazem dela um interessante episódio da história contemporânea. A comuna foi possível graças a uma revolta popular de todas as tendências revolucionárias dentro de Paris depois de que a Guerra Franco-prussiana terminasse com a França derrotada[. A brecha entre ricos e pobres na capital tinha se ampliado enormemente nos últimos anos e a escassez de comida, somado ao constante bombardeio prussiano, levou a um descontentamento geral.

RUSSO ALEKSEI LEONOV FAZ A PRIMEIRA CAMINHADA NO ESPAÇO

18 de março de 1965
No dia 18 de março de 1965, o cosmonauta russo Aleksei Arkhipovich Leonov entrou para a história como o primeiro humano a realizar uma caminhada espacial. Ele viajou ao espaço a bordo da nave Voskhod 2. Leonov passou 12 minutos no vácuo, ligado à nave por um cordão, flutuando a cerca de cinco metros de distância, acompanhado pelo colega Pavel Belyayev, que estava dentro da nave.
Após o encerramento da sua caminhada, ele teve problemas para voltar ao interior da nave pois sua roupa espacial inflou no vácuo, impedindo que ele passasse pela escotilha. Seu retorno à nave só foi possível após a diminuição da pressão dentro da própria roupa. A operação, considerada arriscada, criou uma certa aflição durante quinze minutos, mas tudo acabou bem no final. 
Morre Mauro Gonçalves, o Zacarias de “Os Trapalhões” - The History Channel Brasil

MORRE MAURO GONÇALVES, O ZACARIAS DE “OS TRAPALHÕES”

18 de março de 1990
No dia 18 de março de 1990 o Brasil perdia as piadas e o estilo único de Mauro Faccio Gonçalves, mais conhecido como Zacarias, integrante do quarteto “Os Trapalhões”. Zacarias ficou quarteto até 1990, quando morreu, aos 56 anos, no Rio de Janeiro. De acordo com o boletim médico, a causa da morte foi insuficiência respiratória em consequência de uma infecção pulmonar. Seu último filme foi “Uma Escola Atrapalhada”.
Nascido no dia 18 de janeiro de 1934, em Sete Lagoas, em Minas Gerais. A carreira de comediante de Mauro começou a despontar em Belo Horizonte. Durante a década de 60, trabalhou na Rádio Inconfidência, em três programas de humor. Seu trabalho foi reconhecido como o de melhor comediante de rádio entre os anos de 1960 e 1963.
Em 1963, recebeu um convite para trabalhar na TV Excelsior do Rio de Janeiro. Ali, estreou em um programa de calouros, onde criou o personagem Garçom Moranguinho, que fez bastante sucesso. Depois, ele foi para a Rede Record, onde participou da “A Praça da Alegria” e “Os Insociáveis”.  Mais tarde, foi convidado por Renato Aragão para entrar no grupo "Os Trapalhões". Em 1976, Mauro foi o último a fazer parte do quarteto, que já tinha Didi, Dedé e Mussum.